sábado, 8 de outubro de 2011

O MUSEU DO GONZAGÃO E GUILHERME MACHADO: FAZ UMA SAUDOSA HOMENAGEM A RAINHA DA GASTRÔNOMIA DE SERRINHA: TEREZA DO HOTEL "IN MEMORIAN" SAUDADES DÓI !


TEREZA ALVES DA SILVA,NASCEU EM ARAMARI MUNICIPÍO DE ALAGOINHAS. VEIO PARA SERRINHA AINDA NOS ANOS 60 ONDE SENTOU PRAÇA ATÉ MORRER EM 2003.
"TEREZA" BEM QUE PODIA SER TEREZA BATISTA CANÇADA DE GUERRA. UMA DAS MRAVILHOSAS CRIA DE JORGE AMADO. QUANDO CHEGOU A SERRINHA MONTOU SUA PENÇÃO NA RUA DA ESTAÇÃO. COM O SUCESSO DOS SEUS TEMPÊROS E QUITUTES. LOGO COMPROU UM CASARÃO NA PRAÇA LUIZ NOGUEIRA, ONDE O BATIZOU DE HOTEL VERA CRUZ DA POPULAR TEREZA. LÁ HOSPEDAVA-SE POBRE ,RICO,PRETO,BRANCO,MULATO,INDIO,MOÇA DE FAMILIA,PIRIGUETES,ARTISTAS,PADRE,PASTOR,VIDENTE,PAI DE SANTO,ADVOGADO,JUIZ, POLITÍCOS, JOGADOR DE FUTEBOL,LOCUTOR TABACUDO, PROMOTOR,ROQUEIROS,VAQUEIROS,CACHEIROS VIAJANTES, E MUITOS OUTROS TIPOS E RAÇAS QUE SE HOSPEDAVAM NO HOTEL VERA CRUZ DE LÁ SAIAM FALANDO BEM DA COMIDA DE TEREZA... ESTA NÃO TINHA NEMHUM TIPO DE PRECONCEITOS, SÓ NÃO GOSTAVA DE GENTE COM PRESEPADAS ASSIM AFIRMAVA! CONHECI TEREZA NO ANO DE 1985, FUI APRESENTADO A ELA POR UM ANTIGO COMERCIANTE DA CIDADE, O SENHOR HENRIQUE GUIMARÃES. ME TORNEI FÃ INCONDICIONAL DESTA MÃEZONA DE TODOS OS QUE POR ALÍ PASSARAM. ABENÇÃO A TEREZA DO HOTEL.

4 comentários:

  1. Parabéns Guilherme, pela merecida homenagem que você faz a Tereza do Hotel.
    Realmente, ela era a rainha da gastronomia de Serrinha. Quando alguém chegava em Serrinha e perguntava onde tinha uma boa comida, a resposta era imediata: Hotel de Tereza.
    E ela com aquele jeitão, recebia a todos com alegria e muito carinho. Quem provava da sua comida, se apaixonava, e voltava sempre.

    Com a sua partida para a eternidade, nossa cidade perdeu essa referência, e hoje quando nos perguntam onde servem a melhor comida , não sabemos informar, apesar da cidade possuir vários Hotéis, Restaurantes e Churrascarias, pois, igual ao tempero de Tereza do Hotel, ninguém conseguirá fazer em Serrinha.

    ResponderExcluir
  2. É verdade Sargento Santana. Conheci de perto a dona Tereza do Hotel Vera Cruz, onde cheguei a almoçar com Osni e alguns dos seus secretários (mais tarde). No tempo que a conheci fui apresentado pelo querido amigo Antonio Ramalho Ramos - (ele), também um dos grandes baluartes da nossa querida Serrinha. A falta que nos fez a dona Tereza foi enorme. Antonio José de Oliveira - Povoado Bela Vista-Serrinha.

    ResponderExcluir
  3. A morte é como um barco que se distancia no horizonte. Chega um momento em que desaparece. Mas o fato de não vê-lo, não significa que não exista."

    O ser que amamos continua o mesmo. Sua capacidade mental não se perdeu, suas conquistas seguem intactas, da mesma forma que quando estava ao nosso lado. Conserva o mesmo afeto que nutria por nós.
    Autor Maria Amélia
    Suas lembranças me deixa firme e forte para conseguir trilhando, sempre lembrando sua luta, meu espelho se foi ,porém o brilho dele continua me direcionando.
    Saudades!
    Sua sobrinha Tereza Cristina Souza

    ResponderExcluir
  4. Pois é Tereza Cristina, dona Tereza do hotel fez muitos amigos e deixou saudades. Mas a nossa vida é assim mesmo - uma passagem no Planeta Terra.
    Antonio José de Oliveira - Povoado Bela Vista - Serrinha

    ResponderExcluir